Artigo – Dólar em alta, empresas baratas?

Por Fernando Cabral*

Não é de hoje que a alta do dólar é música aos ouvidos de grandes exportadores, afinal, moeda desvalorizada possibilita vantagem competitiva mundo afora. Com a deterioração do real, estrangeiros desfrutam de bens e insumos com baixo preço em nosso país tropical. Podemos dizer o mesmo para os investidores estrangeiros que desejam fazer fusões e aquisições (F&A) cross-border no Brasil?

Evidentemente que decisões de aquisições de empresas estrangeiras não se limitam a questões cambiais favoráveis. Outros fatores exógenos, como política, imprevisibilidade e intervenção do governo na economia, são algumas variáveis relevantes típicas de nosso país que influenciam a tomada de decisão. Segundo estudo feito pelo PhD em finanças e professor da Universidade Tulane (EUA), Eduardo Pablo, por meio de regressões logísticas, as determinantes que justificam F&A cross-border na América Latina são relacionadas aos maiores custos de financiamento que a empresa-alvo tem em relação às adquirentes.

Ao analisar a correlação da série histórica do Enterprise Value (valor real das companhias) das empresas listadas na B3 e o dólar no período de cinco anos (2014-2019), observa-se que não há evidências da influência da valorização do dólar no valor real das organizações, mesmo se for levado em consideração a representação de 45% dos estrangeiros na B3.

Fato é que a cada oscilação de desvalorização da moeda, ressurge nas mídias a ideia de existir boas oportunidades para estrangeiros adquirirem instituições brasileiras. Talvez uma explicação para isso seja a relação cognitiva de que viajantes pagam menos em países de moeda dispare. Tal suposição e pressuposto em fusões e aquisições teria a mesma lógica.

O que poucos mentalizam, porém, é: quando gastamos lá fora, no “dia seguinte” ganhamos em moeda local. Ao adquirente estrangeiro, que investe em países emergentes com câmbio desvalorizado – diferente do turista – receberá todos os fluxos futuros na moeda local, cuja conversão e repatriação será sempre desfavorável. Então, sob a ótica de criação de valor, o câmbio isoladamente parece não justificar o investimento.

Em meados de 2000, mesmo com o dólar desvalorizado, havia grandes investimentos estrangeiros no Brasil. Na época, emergiam expectativas: o Brasil era a “bola da vez”. Hoje, mesmo com o câmbio favorável para estrangeiros, as expectativas são baixas. A falta de previsibilidade minou qualquer possibilidade de investimentos internos e externos.

Por fim, encontrar ativos de qualidade que justifiquem a entrada de estrangeiros no Brasil nem sempre é tarefa fácil. O câmbio favorável ao adquirente internacional pode ser um estimulante adicional para F&A de baixo custo, mas embora atraentes, não são necessariamente criadores de valor. O barato sempre será relativo.

 

Artigo – Dólar em alta, empresas baratas?



VEJA MAIS SOBRE Notícias


Arthur Nory conquista medalha de ouro!

O ginasta brasileiro Arthur Nory conquistou a medalha de ouro na barra fixa no Campeonato Mundial de Ginástica Artística, realizado em Stuttgart, na Alemanha. Com nota de 14.900, Nory superou o croata Tin Srbic (14,666) e o russo Artur Dalaloyan (14,533). Após as Olimpíadas do Rio, em 2016, quando ficou com o bronze no solo, Nory […]

Leia mais

Bob’s lança nova coleção de Toy Arts de Chaves e Chapolin!

Vejam que bacana! Os personagens de Chaves serão comercializados na rede de lanchonetes Bob’s, em parceria com o SBT. As vendas começarão no próximo sábado (12), Dia das Crianças. Além de Chaves e Chapolin, o Bob’s comercializará Seu Madruga, Bruxa do 71, Quico e Senhor Barriga. Para quem comprar o combo Bob’s Fun&Art, composto de […]

Leia mais

Artigo – Manutenção preventiva de extrusoras e injetoras reduz gastos

Alexandre Farhan*   A melhor maneira de elevar a durabilidade e reduzir desgastes das peças de extrusoras e injetoras é a manutenção preventiva. Esta prática aumenta a vida útil das máquinas e ao mesmo tempo mantém a operação da linha de produção com qualidade e segurança. As máquinas extrusoras e injetoras trabalham com eficiência, eficácia, e ininterruptamente, sobretudo se […]

Leia mais

Saiba como melhorar a comunicação e a convivência com os filhos!

A situação não é rara: de repente, o convívio entre os familiares é envolvido por um estresse debilitante. As crianças brigam sem parar, o filho adolescente fica cada vez mais isolado sem se comunicar e o cônjuge parece estar indiferente. O que fazer quando o lar já não é o mesmo de antes? Para ajudar […]

Leia mais

O que você está esperando para ser feliz?

Quantas  vezes você já adiou a felicidade para uma próxima etapa da vida? Esta sempre foi uma questão importante para o ser humano e é ainda mais agora, pois a sociedade nunca teve seus valores, culturas, tempos e espaços transformados tão rapidamente. Na obra Ensaio Sobre a Crise da Felicidade, publicada pela Editora Albatroz, o escritor carioca Antoine […]

Leia mais

FAÇA ESTE BLOG SER AINDA MELHOR, ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *