Ciência explica por que deletamos amigos do Facebook!

Pesquisadores estão tentando descobrir o que está por trás do impulso de desfazer uma amizade no Facebook. Christopher Sibona, da Universidade de Colorado, em Denver, decidiu investigar quais amigos tem mais chance de não passar pela cyberpeneira das amizades. Ele entrevistou mais de mil usuários da rede de Zuckerberg para chegar a uma resposta.  A conclusão foi de que o maior inimigo das suas amizades facebookianas é a passagem do tempo. Os amigos da época do colegial ficam em primeiro lugar nas relações virtuais desfeitas. No top 5, também estavam os contatos profissionais, de colegas de trabalho a clientes e fornecedores. Mas os motivos para cortar essas pessoas da sua vida online são muito diferentes. De acordo com a pesquisa, deletamos os amigos do colegial por dois motivos principais: eles postam conteúdo radical sobre política e religião ou fazem um grande número de posts sobre assuntos irrelevantes. A teoria de Sibona é que somos menos tolerantes com as besteiras postadas por esse tipo de amizade antiga. “É possível que, no colegial, as pessoas não soubessem as posições políticas e religiosas umas das outras. Também é possível que um deles (ou ambos) tenha mudado suas visões desde aquela época”, diz o estudo. Existe ainda uma terceira possibilidade: seus “amigos” do colégio nunca foram tão amigos assim. Quando duas pessoas dividem um contexto social (trabalham na mesma empresa, ou estudam na mesma insituição), elas ficam amigas online por “vigilância social” – basicamente, para saber o que as outras pessoas desse ambiente estão fazendo. Quando acaba a escola ou a faculdade, não é mais tão interessante saber pra que boteco os coleguinhas foram na sexta à noite, e aí não existe um motivo forte o bastante para manter aquele perfil na sua rede. Tirar seus amigos do colégio do Facebook não é nada pessoal – é uma questão da rede em si. Agora, no trabalho, uma amizade desfeita online indica que as coisas não vão bem no escritório. Segundo os estudos de Sibona, o maior motivo para deletarmos uma amizade profissional do mundo virtual são problemas offline. Somos muito mais pacientes com os posts bobos ou radicais dos colegas de trabalho, mas, no momento em que acontece um desentendimento real, o próximo passo é desfazer a amizade no Facebook.

Para o autor do estudo, é provável que deletar alguém do trabalho, com quem existe contato na vida real do dia-a-dia, só por causa de posts chatos, cause situações constrangedoras. Assim, só existe um rompimento virtual depois que a relação real está prejudicada. Outros fatores também afetam seu hábito de tirar amigos da rede, como idade e gênero. Pessoas mais jovens costumam deletar colegas com mais frequência e são menos tolerantes com as pessoas que postam demais.

Já as mulheres tendem a ser mais pacientes que os homens tanto com as besteiras virtuais quanto sobre as ideias polêmicas dos colegas sobre política e religião. O autor do estudo pretende continuar estudando o assunto para tentar modelar um “ciclo de vida” da amizade: como ela começa, quando termina e se existe um tempo típico de duração para uma relação entre duas pessoas. Além disso, ele quer analisar qual a diferença entre as amizades que duram a vida toda e aquelas que só sobrevivem até o próximo escândalo político.

Ciência explica por que deletamos amigos do Facebook!



VEJA MAIS SOBRE Destaque, Notícias


Antonio Carlos Oliveira marca presença no Conecta Imobi e realiza workshop gratuito para corretores em São Paulo!

O matemático e sócio-diretor da ACT – Assessoria para Crédito Imobiliário, Antonio Carlos Oliveira, embarcará para São Paulo, rumo ao Conecta Imobi, maior evento de tecnologia, marketing e vendas do mercado imobiliário na América Latina. O encontro acontece nos dias 24 e 25 de setembro, na Transamérica Expo Center, e reunirá mais de 6 mil […]

Leia mais

Paciente recebe habeas corpus para importação, plantio, uso próprio e transporte de sementes de cannabis em território nacional!

Em parecer enviado ao Supremo Tribunal Federal (STF), na última sexta-feira (13/09/2019), a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, defende que seja determinado prazo à União e à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para que editem normas que regulamentem o plantio de Cannabis sativa com finalidade medicinal. Caso esteja repercutindo esse assunto, o escritório de Advocacia Dias da Silva, com […]

Leia mais

Artigo Gaudêncio Torquato: O caminho do meio é o maior!

As tendências parecem fortes: a polarização entre direita e esquerda, mais precisamente, entre os polos extremos do arco ideológico, não será atenuada. Ao contrário, a probabilidade é que se expanda sob a hipótese de que é do alto interesse do bolsonarismo manter a chama acesa como forma de manter permanente mobilização de exércitos simpatizantes do […]

Leia mais

Ford apresenta nova geração de veículos elétricos no Salão de Frankfurt!

A Ford apresentou hoje no Salão de Frankfurt, na Alemanha, a maior linha de veículos elétricos já lançada pela marca no mercado europeu. As novidades incluem o híbrido Puma EcoBoost, os híbridos plug-in Explorer e Tourneo Custom – que podem ser recarregados na tomada – e o Kuga, primeiro modelo da Ford a oferecer as […]

Leia mais

Como a psicanálise explica a diferença de gênero?

Até o surgimento da obra Os três ensaios sobre a sexualidade, de Freud, em 1905, era possível pensar na homossexualidade como degeneração. Nela, o pai da psicanálise lança luz e analisa detalhadamente esta forma de atividade sexual e desfaz qualquer possibilidade de julgamentos prontos. Desde então, o que se sabe é que as formas de amar são […]

Leia mais

FAÇA ESTE BLOG SER AINDA MELHOR, ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *