Conheça os 10 bilionários mais jovens do mundo Em 2021

Os 10 bilionários mais jovens do ranking da revista americana Forbes têm entre 18 e 29 anos e vêm especialmente de três países: China, Estados Unidos e Noruega.

O mais novo da lista toda, Kevin David Lehmann, tem 18 anos e é dono de 50% da rede de farmácias alemã dm. Sua fortuna é estimada em US$ 3,3 bilhões.

O que é curioso sobre o jovem empresário é que nem ele nem seu pai estiveram operacionalmente envolvidos na dm, segundo a Forbes. Pouco se sabe sobre eles.

Depois do misterioso Lehmann, existe um certo abismo até as próximas jovens da lista, ambas com 24 anos: as irmãs Alexandra e Katharina Andresen, herdeiras da companhia de investimento norueguesa Ferd. A fortuna estimada das duas irmãs é de US$ 1,4 bilhão.

Em seguida vem o americano Austin Russell, de 26 anos, fundador da companhia de sensores automotivos Luminar Technologies, que abriu IPO em dezembro do ano passado. Com a oferta pública, Russell passou a ter uma fortuna estimada de US$ 2,4 bilhões.

O quinto jovem mais rico na lista da Forbes, Gustav Magnar Witzoe, conseguiu sua fortuna de cerca de US$ 4,4 bilhões aos 27 anos por ser dono de quase metade de uma das maiores produtoras de salmão do mundo, a Salmar ASA.

O americano Andy Fang, de 28 anos, é o sexto na lista, com uma fortuna de US$ 2 bilhões após criar o aplicativo de delivery de comida DoorDash. Ele divide a posição na lista com o cofundador do app, Stanley Tang, também de 28 anos.

Se as criptomoedas estão com tudo em 2021, não era de se estranhar que um dos bilionários na lista fosse o criador de uma empresa de trading de criptos. Sam Bankman-Fried, de 29 anos, tem uma fortuna estimada de US$ 8,7 bilhões e ocupa o sétimo lugar entre mais jovens.

Em oitavo lugar, vem o chinês Jonathan Kwok, filho mais novo de Walter Kwok, um dos incorporadores imobiliários mais famosos de Hong Kong. Aos 29 anos, Kwok-filho tem uma fortuna estimada de US$ 2,4 bilhões.

Um dos nomes mais conhecido na lista é de Evan Spiegel, fundador do aplicativo de mensagens e fotos instantâneas Snapchat. Aos 30 anos, Spiegel tem uma fortuna estimada em US$ 11,1 bilhões — é o nono jovem mais rico e ocupa o 197º lugar no ranking geral da Forbes.

Por fim, em décimo lugar está o cofundador e presidente da fintech Stripe, John Collison, de 30 anos, cp, uma fortuna estimada de US$ 3,2 bilhões.

Conheça os 10 bilionários mais jovens do mundo Em 2021



VEJA MAIS SOBRE Economia


Conheça o brasileiro mais rico do mundo

brasileiro Eduardo Saverin, cofundador do Facebook, ultrapassou o empresário Jorge Paulo Lemann, sócio da AB Inbev e da 3G Capital, no ranking de bilionários da revista Forbes, se tornando o brasileiro mais rico do mundo. Saverin tem uma fortuna estimada em US$ 19,4 bilhões e está listado na 95ª posição no ranking. O patrimônio de […]

Leia mais

Mesmo com a pandemia, Puma cresce consideravelmente no primeiro trimestre

A Pum anuncia na  ultimo dia  (28) que registrou um crescimento de 26% nas  vendas no primeiro trimestre, apesar de um contexto desfavorável marcado pela continuação dos confinamentos, por problemas de abastecimento e por apelos ao boicote na China relacionados com a situação da minoria uigur em Xinjiang. As vendas da Puma no referido trimestre foram de 1,549 bilhão […]

Leia mais

Grupo Gera alcança marca de R$ 30 milhões de economia com energia renovável para empresas brasileiras

O Grupo Gera, empresa nacional que atua com geração de energia renovável e eficiência energética para grandes consumidores, acaba de registrar a marca de R$ 30 milhões de economia nas despesas com eletricidade das empresas que contratam de forma privada o fornecimento elétrico a partir de fontes limpas e soluções de eficiência energética. A companhia […]

Leia mais

Com foco em investimentos, XP lança cartão de crédito

A XP lança o cartão de crédito XP Visa Infinite, após fase de testes com uma base de funcionários, clientes e agentes autônomos. A entrada da XP Investimentos no mercado de cartões tem como objetivo estratégico atender cada vez mais todo o ecossistema financeiro dos clientes, incluindo pagamentos, compras e investimentos. Ainda em 2021, estão […]

Leia mais

Recuperação econômica em 2021 depende de atuação do governo no enfrentamento à pandemia, prevê economista

Os efeitos da pandemia da covid-19 no cenário econômico desestabilizou diversos setores em escala global, antecipando com intensidade a crise anunciada em 2019 e, consequentemente, promoveu uma retração econômica de grandes proporções. Para 2021, as previsões do mercado se mostram aparentemente equilibradas. O Boletim Focus, divulgado neste mês pelo Banco Central (BC), projeta 3,4% de […]

Leia mais

FAÇA ESTE BLOG SER AINDA MELHOR, ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *