Confira a lista das marcas mais valiosa do mundo. Apple lidera o ranking!

A Apple é a marca mais valiosa do mundo. O cálculo é da Interbrand, que lançou semana passada o seu estudo Best Global Brands. Valendo 170,3 bilhões de dólares, a Apple aumentou o seu valor de marca em 43%. O top três se manteve igual ao ano passado: Apple, Google e Coca-Cola.

O setor de tecnologia e automotivos dominam o topo da lista, mas aparecem marcas da indústria alimentícia, como Coca-Cola e McDonald’s. Para fazer o ranking, o estudo se baseou em três fatores que afetam o valor de marca: a performance financeira dos produtos e serviços da marca; o papel da marca na decisão de compra do consumidor; e a força que a marca tem para garantir um preço premium ou garantir ganhos futuros para a empresa.

 1. Apple Valor de marca: US$ 170,276 bi Valorização (2014-2015): +43%


1. Apple
Valor de marca: US$ 170,276 bi
Valorização (2014-2015): +43%

(Marca mais valiosa)

 2. Google Valor de marca: US$ 120,314 bi Valorização (2014-2015): +12%


2. Google
Valor de marca: US$ 120,314 bi
Valorização (2014-2015): +12%

(Marca mais valiosa)

 3. Coca-Cola Valor de marca: US$ 78,423 bi Valorização (2014-2015): -4%


3. Coca-Cola
Valor de marca: US$ 78,423 bi
Valorização (2014-2015): -4%

(Marca mais valiosa)

 4. Microsoft Valor de marca: US$ 67,670 bi Valorização (2014-2015): +11%


4. Microsoft
Valor de marca: US$ 67,670 bi
Valorização (2014-2015): +11%

(Marca mais valiosa)

 5. IBM Valor de marca: US$ 65,095 bi Valorização (2014-2015): -10%


5. IBM
Valor de marca: US$ 65,095 bi
Valorização (2014-2015): -10%

(Marca mais valiosa)

 6. Toyota Valor de marca: US$ 49,048 bi Valorização (2014-2015): +16%


6. Toyota
Valor de marca: US$ 49,048 bi
Valorização (2014-2015): +16%

(Marca mais valiosa)

 7. Samsung Valor de marca: US$ 45,297 bi Valorização (2014-2015): 0%


7. Samsung
Valor de marca: US$ 45,297 bi
Valorização (2014-2015): 0%

(Marca mais valiosa)

 8. GE Valor de marca: US$ 42,267 bi Valorização (2014-2015): -7%


8. GE
Valor de marca: US$ 42,267 bi
Valorização (2014-2015): -7%

(Marca mais valiosa)

 9. McDonald's Valor de marca: US$ 39,809 bi Valorização (2014-2015): -6%


9. McDonald’s
Valor de marca: US$ 39,809 bi
Valorização (2014-2015): -6%

(Marca mais valiosa)

 10. Amazon Valor de marca: US$ 37,948 bi Valorização (2014-2015): +29%


10. Amazon
Valor de marca: US$ 37,948 bi
Valorização (2014-2015): +29%

(Marca mais valiosa)

 11. BMW Valor de marca: US$ 37,212 bi Valorização (2014-2015): +9%


11. BMW
Valor de marca: US$ 37,212 bi
Valorização (2014-2015): +9%

(Marca mais valiosa)

 12. Mercedes-Benz Valor de marca: US$ 36,711 bi Valorização (2014-2015): +7%


12. Mercedes-Benz
Valor de marca: US$ 36,711 bi
Valorização (2014-2015): +7%

(Marca mais valiosa)

 13. Disney Valor de marca: US$ 36,514 bi Valorização (2014-2015): +13%


13. Disney
Valor de marca: US$ 36,514 bi
Valorização (2014-2015): +13%

(Marca mais valiosa)

 14. Intel Valor de marca: US$ 35,415 bi Valorização (2014-2015): +4%


14. Intel
Valor de marca: US$ 35,415 bi
Valorização (2014-2015): +4%

(Marca mais valiosa)

 15. Cisco Valor de marca: US$ 29,854 bi Valorização (2014-2015): -3%


15. Cisco
Valor de marca: US$ 29,854 bi
Valorização (2014-2015): -3%

(Marca mais valiosa)

 16. Oracle Valor de marca: US$ 27,283 bi Valorização (2014-2015): +5%

16. Oracle
Valor de marca: US$ 27,283 bi
Valorização (2014-2015): +5%

(Marca mais valiosa)

 

 17. Nike Valor de marca: US$ 23,070 bi Valorização (2014-2015): +16%

17. Nike
Valor de marca: US$ 23,070 bi
Valorização (2014-2015): +16%

(Marca mais valiosa)

 

 18. HP Valor de marca: US$ 23,056 bi Valorização (2014-2015): -3%


18. HP
Valor de marca: US$ 23,056 bi
Valorização (2014-2015): -3%

 

 19. Honda Valor de marca: US$ 22,975 bi Valorização (2014-2015): +6%


19. Honda
Valor de marca: US$ 22,975 bi
Valorização (2014-2015): +6%

 

 20. Louis Vuitton Valor de marca: US$ 22,250 bi Valorização (2014-2015): -1%


20. Louis Vuitton
Valor de marca: US$ 22,250 bi
Valorização (2014-2015): -1%

Confira a lista das marcas mais valiosa do mundo. Apple lidera o ranking!



VEJA MAIS SOBRE Economia


Desaceleração econômica: A diminuição do potencial de consumo impulsiona a aquisição de materiais que ofereçam qualidade e melhor custo-benefício

A escolha dos materiais de construção impacta diretamente na qualidade, duração e no custo de uma obra. Especialmente em tempos de diminuição do potencial de consumo devido à atual crise econômica mundial, quem pretende reformar um ambiente ou construir um imóvel deve se atentar para a redução de gastos e optar pela aquisição de materiais […]

Leia mais

Idosos impulsionam crescimento de procedimentos estéticos

A expectativa de vida do brasileiro alcançou a maior média da história. Projeção divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostra que a longevidade chegou a 76 anos. Até 2060, a população com mais de 60 anos mais que dobrará de tamanho e atingirá 32,1% do total de habitantes. Atualmente, ela representa 13,44%. […]

Leia mais

Finanças de final de ano: como usar o 13º de forma consciente

É chegada a época do ano de muitas festas e confraternizações. Período em que muitos param para refletir e programar o próximo ano, momento de celebrar as conquistas e planejar os próximos desafios. É nesta época que, com a entrada do 13º salário, muitos brasileiros têm o mesmo desejo, o de fazer compras, mas antes […]

Leia mais

Saiba tudo sobre o financiamento imobiliário da Caixa corrigido pela inflação!

Atenção, meu povo!!!!! A Caixa Econômica Federal,  anunciou na tarde desta terça-feira (20), em Brasília, que passará a oferecer financiamento imobiliário com uma taxa de juros mais baixa, mas o contrato será reajustado mensalmente pela inflação. Atualmente, os empréstimos para a compra da casa própria são corrigidos pela TR (taxa referencial). Criada em 1991 em uma das medidas […]

Leia mais

Famosa rede de lojas de departamentos de luxo pede proteção contra falência!

Na última terça,  a famosa rede americana de lojas de departamentos de luxo, Barneys New York, entrou com pedido de proteção contra falência, nos Estados Unidos, e se colocou à venda depois de enfrentar taxas de aluguel altas e fracassar em suas tentativas anteriores de encontrar um comprador. A Barneys está procurando um comprador ou investidor […]

Leia mais

FAÇA ESTE BLOG SER AINDA MELHOR, ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *