Passar de lado na lombada – mito ou verdade?

Um dos maiores mitos sobre conservação veicular é que passar na diagonal por desníveis ajuda a preservar a suspensão. Segundo a Monroe, fabricante mundial de amortecedores, o vício pode provocar ruídos, folgas excessivas e, até mesmo, o travamento total do sistema. Também compromete buchas, molas, coxins, amortecedores e rolamentos.

Conforme explicação de Juliano Caretta, coordenador de Treinamento Técnico da Monroe, quando o veículo atravessa lombadas e valas na diagonal, cada lado da roda movimenta em tempos diferentes, provocando um movimento torcional da carroceria, o que é extremamente prejudicial aos componentes da suspensão.

“O recomendado é conduzir o carro em linha reta, para que o movimento seja uniforme nos dois lados. Além de causar desconforto, este costume pode prejudicar os demais componentes da suspensão e, em longo prazo, gerar custo extra ao motorista”, adverte o especialista. Ele ressalta que gastos com manutenção corretiva chegam a ser 30% mais altos.  Por isso, outra orientação é preservar as peças em bom estado.

A velocidade também influencia na conservação do sistema de suspensão. A dica da Monroe é trafegar entre 20 km/h e 30 km/h em lombadas de dimensões regulares, conforme Resolução nº 39/98, do Contran (Conselho Nacional de Trânsito). “Quanto maior o desnível, menor deve ser a velocidade”, alerta Caretta. A regra também deve ser aplicada em valetas.

Sobre a Tenneco

A Tenneco fatura anualmente US$ 7,4 bilhões. Com sede em Lake Forest, Illinois (Estados Unidos), conta com cerca de 24 mil colaboradores em todo o mundo. A empresa é uma das maiores fabricantes e fornecedoras de sistemas de controle de emissões, de amortecedores e de componentes para a suspensão, para as montadoras e para o mercado de reposição. O grupo comercializa os seus produtos principalmente sob as marcas Monroe®, Walker®, Gillet® e Clevite® Elastomer.
Passar de lado na lombada – mito ou verdade?



VEJA MAIS SOBRE Notícias


Brasil é quinto no ranking global de consumo de produtos antiacne

Por essa muita gente não esperava:  O mercado brasileiro de produtos para tratamento da acne atingiu R$ 537,9 milhões em 2019, registrando crescimento de 5,7% em relação a 2014, quando as vendas foram de R$509,1 milhões, segundo a Euromonitor. No ranking global, liderado pelos Estados Unidos, o Brasil aparece na quinta posição. Juntas, L’Oréal, Johnson & […]

Leia mais

L’Oréal Brasil quer construir ‘beleza do futuro’ inclusiva e sustentável

Um caminho urgente e sem volta. É assim que a presidente da L’Oréal Brasil, An Verhulst-Santos, descreve os desafios ambientais que governos, empresas e sociedade enfrentam e enfrentarão nos próximos anos. Pensando nisso, a empresa lançou este ano seu novo compromisso de sustentabilidade, L’Oréal para o Futuro, com metas sociais e ambientais para 2030. “Chegamos […]

Leia mais

Fundador da Natura afirma que ‘recursos para investir na Amazônia existem’

No ano em que a Amazônia virou notícia em todo o mundo, com o aumento do desmatamento e enorme pressão de investidores estrangeiros, o setor privado decidiu se reunir em busca de soluções para o assunto que passou a ser encarado como uma questão econômica. Em conferência organizada pelo Itaú Unibanco para tratar da maior […]

Leia mais

Empresa permite que clientes naveguem por corredores de supermercado com tecnologia 3D

Fazer compras online tem suas vantagens, mas muitas pessoas sentem falta de caminhar pelos corredores de lojas e supermercados para ver de perto o que comprar. Pensando nisso, o Inabuggy, serviço canadense de entrega de mantimentos, decidiu criar uma experiência de compra virtual em 3D que permite que os clientes “caminhem” pelos corredores de um […]

Leia mais

Dez anos depois de iniciar o processo que transformou o Boticário em uma holding com sete marcas e diversos canais de distribuição, Artur Grynbaum conduz uma nova mudança

Dez anos depois de iniciar o processo que transformou o Boticário em uma holding com sete marcas e diversos canais de distribuição, Artur Grynbaum conduz uma nova mudança organizacional na companhia, que passa a trabalhar com um modelo mais centralizado para tecnologia, logística e marketing. Desta vez, começa por sua posição: em março ele deixa […]

Leia mais

FAÇA ESTE BLOG SER AINDA MELHOR, ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *