Artigo – A saúde nas fases da vida das mulheres!

Da infância até uma idade mais avançada, as mulheres necessitam de atenção especial para que a saúde fique em dia.

ATÉ 15 ANOS

Período de grandes mudanças hormonais, normalmente é quando acontece a primeira consulta ginecológica. Serve para orientar as adolescentes e seus familiares sobre a menarca, higiene íntima, identificar alterações hormonais, métodos contraceptivos e identificar alguma má-formação do aparelho reprodutor.

20 ANOS

Aqui as consultas já são mais regulares, assim como os exames de rotina e rastreamento e o foco das mulheres está relacionado aos métodos contraceptivos, DSTs e vacinação (HPV).

30ANOS 

Nessa fase há procura anual para avaliação da saúde em geral, dúvidas sobre futuro reprodutivo e preservação de fertilidade, rastreamentos específicos de acordo com risco hereditário de doenças, correção de alterações hormonais e menstruais e manutenção de anticoncepção.

40 ANOS

Podem estar presentes sintomas de climatério, que é a fase de transição do período fértil para o não reprodutivo. Nesta faixa etária é importante avaliar como a mulher está nesta transição e se há necessidade de controle de efeitos colaterais dos ciclos irregulares, da função sexual, do controle de peso e saúde em geral, para que entre na menopausa futuramente sem riscos cardiovasculares, de osteoporose, sintomas importantes de menopausa, e sem risco aumentado para doenças malignas.
Nesta faixa etária, além dos exames de rastreamento habitual, entra a mamografia na rotina anual, para detecção de lesões mamárias pré malignas ou com risco de malignidade.

APÓS OS 50 ANOS 

Aqui a Menopausa já é uma verdade na maioria das mulheres, e estas precisam ficar atentas a todos sinais do corpo. Check-ups completos são indicados. Terapia de Reposição Hormonal é bastante procurada pelas mulheres nessa fase de vida, e aqui as orientações sobre quem tem benefício nesta terapia são bastante importantes.

FALTA DE TEMPO NÃO PODE SER DESCULPA PARA SUA SAÚDE!

Rotina atribulada? Reuniões, viagens e excesso de compromissos?

Falta de tempo não pode ser desculpa para sua saúde!

5 Dicas simples para ajudar na sua saúde mesmo com a agenda corrida:

– EXAMES DE ROTINA – mesmo para as mulheres assintomáticas e independente da idade, fazer os exames solicitados na consulta de rotina é fundamental para a prevenção de doenças e cuidado da saúde sexual e reprodutiva. Para cumprir todas suas obrigações, você vai precisar estar em dia com a sua saúde. Pense nisso!

– INTERPRETAR OS SINAIS DO CORPO – dores mamárias, corrimentos, acne, queda de cabelo e irregularidade no ciclo menstrual podem ser alguns dos sintomas que você esteja estressada. Caso as metas e desafios não possam ser alterados, mude algo na sua rotina para buscar acalmar (exercícios/meditação/descanso/alimentação balanceada/suplementação).

– CONTRACEPÇÃO – opte por métodos modernos contraceptivos que não dependam das tomadas diárias. Implantes subcutâneos e dispositivos intrauterinos podem ser excelentes opções, quando indicados para você, para evitar o esquecimento.

– MENSTRUAÇÃO – no período menstrual, carregue na bolsa pelo menos 6 absorventes para serem trocados durante o dia, mantendo conforto e proteção diária. A troca a cada 4h ajuda afastar doenças e infecções.

– LENÇO ÍNTIMO – em viagens e visitas externas, acabamos usando banheiros públicos . Podemos nesses casos de forma esporádica e em situações de emergência, lançar mão desses lenços. Utilize os hipoalergênicos, dermato e ginecologicamente testados. O lencinho é para passar da frente para trás e apenas uma vez!

 

OVOS, CARNE, PEIXE E FRANGO NA GESTAÇÃO

*para as mulheres não vegetarianas ou veganas

Você sabe por que ingerir ovos, carnes vermelhas, peixe e frango na gravidez é importante?
Porque esses alimentos são ricos em ferro, que irá prevenir a anemia, e proteínas.
E as proteínas são responsáveis por construir, manter e renovar os tecidos da mamãe e do bebê.

São indicadas 2 porções ao dia (60 a 100 gramas de proteína por dia), variando entre as escolhas:

Ovos: rico em vitaminas A, B, D, E, e em zinco, selênio e magnésio, minerais antioxidantes importantes para o organismo.  A colina presente no ovo é importante para as gestantes, pois reduz os riscos de problemas no fechamento do tubo neural do feto que é necessário para elaborar a calota craniana e a coluna vertebral do pequeno. Consumo: bem cozido. Não ingerir cru ou com a gema mole, pois há o risco de infecções intestinais como a salmonela.

Carnes: a carne vermelha é rica em proteína de alto valor biológico as quais contém todos os aminoácidos essências para o desenvolvimento físico, cerebral e de todos os órgãos e também do crescimento adequado.
Consumir: cozida e bem passada e de preferencia as carnes congeladas previamente ao preparo, principalmente, para evitar infecção por Toxoplasmose.

Peixes: ricos em Ômega 3, contribuem para desenvolvimento neurológico fetal e contribui para o desenvolvimento neuro-cognitivo da criança.
Optar por peixes de menor concentração de mercúrio: chaputa, anchovas, bagre, moluscos, lagostas, ostras, salmão, sardinha, camarão, lula, tilápia, bacalhau, abadejo, vieiras e truta.

Frango: Fonte de proteína de alto valor biológico. Consumir frango de boa
procedência e conservação, de preferencia previamente congelado; evitar contaminação dos alimentos ao redor do preparo, ao lavar o frango cru, por exemplo, e espalhar bactérias, e sempre ingerir frango bem cozido, preparado em altas temperaturas (evitar contaminação por Listeria e Salmonella que trazem riscos a gestante e feto).

GATOS X GRÁVIDAS – ESTOU GRÁVIDA, PRECISO ME DESAFAZER DO MEU GATO?

O temor está associado a toxoplasmose. Muitas pacientes, mesmos as que não possuem gatos, tem dúvidas relacionadas ao convívio e contato com eles.
.
Toxoplasmose é uma doença infecciosa causada pelo parasita Toxoplasma gondii. Pode causar graves complicações para o bebê: danos cerebrais, problemas oculares, prematuridade, abortos e natimortos são alguns dos riscos.
.
Infelizmente criou um mito que a toxoplasmose é a “doença dos gatos”. Pois os felinos são os únicos animais que, se infectados com o Toxoplasma, expelem os oocistos (ovos da toxoplasmose) nas fezes.
Ainda assim, os oocistos só poderão infectar uma pessoa se ele ficar exposto por mais 48horas e a pessoa ingeri-los.
.
As grávidas podem manter o convívio com os gatos, seguindo as PRECAUÇÕES:
– limpar a caixa de areia diariamente utilizando luvas e lavar as mãos depois;
– preferencialmente que outra pessoa limpe a caixa de areia;
– alimentar os gatos com ração;
– manter os gatos em casa para diminuir a chance deles contraírem o parasita fora;
– evitar manuseio de terra ou areia sem luvas (jardins ou bancos de areia em parquinhos podem conter oocistos);
– sempre lavar as mãos após contato com os gatos e
– fazer exame de sangue no gato para saber se ele está contaminado.

Se a gestante já foi infectada anteriormente (até 6 meses antes de estar esperando bebê), desenvolveu imunidade.

No PRÉ-NATAL é possível, através do rastreamento sorológico, identificar se a mulher já teve contato com o toxoplasma e possui a imunidade ou diagnosticar a contaminação – daí seguir para a profilaxia e tratamento.

 

TRABALHO DE PARTO: Sintomas e quando ir para o hospital

 

Do início das contrações até a hora de ir com segurança para o hospital: * Fases do parto normal: Pródromos, fase latente, fase ativa e fase expulsiva
* Contrações de parto
* Contrações de Braxton Hicks
* O que é Parto humanizado
* Parto Normal Quando ir Para o Hospital
* Dilatação no parto normal
* Dor das contrações do parto natural
* Anestesia * Partograma
* Analgesia de parto
* Bolsa rota (bolsa estourou)
* Parto de emergência. Quais são os sinais de alerta que merecem atenção especial e conclusão.

 

CONTRACEPÇÃO NO PÓS-PARTO E AMAMENTAÇÃO

 

A vida com a chegada do bebê é uma loucura deliciosa, certo? Mas você teve tempo de pensar “Como me cuidar para não engravidar já nessa fase?”.

Estudos têm mostrado que um bom intervalo entre um parto e outro varia de 18 a mais de 23 meses.

Durante o Aleitamento está contraindicado o uso de Estrogênio (pílulas – injetáveis – adesivos – anel vaginal) pois este hormônio reduz o leite atrapalhando a amamentação, além de passar pelo leite prejudicando o desenvolvimento do bebê.
Portando, podem ser indicados durante o Puerpério e Aleitamento (logo após a “quarentena”):
* DIUs (prata, cobre ou hormonal – alta eficácia e proteção por 5 anos.
* Implante subdérmico – alta eficácia e proteção por 3 anos.
* Métodos de barreira (preservativos feminino e masculino e diafragma) – eficácia depende do uso correto.
* Pílulas que contem somente progeterona – boa eficácia se não houver falhas/esquecimento.
* Injetável trimestral de progesterona – alta eficácia porém com efeitos colaterais pela alta dosagem.

Retorno da fertilidade: independente do método escolhido, a interrupção pode ser feita no momento em que desejar e a retomada da fertilidade é imediata.

 

Artigo – A saúde nas fases da vida das mulheres!



VEJA MAIS SOBRE Notícias


As 10 raças de cães mais inteligentes

Stanley Coren, médico neuropsicólogo destacou no livro da sua autoria ‘A Inteligência dos Cães’, aqueles que são os animais mais fáceis de treinar, e também mais obedientes aos comandos somente escutados entre cinco ou seis vezes e com uma taxa de execução acima dos 95%. Estes são os dez cachorros mais inteligentes: 1. Border Collie; 2. Poodle; 3. Pastor […]

Leia mais

Claro inicia implantação da tecnologia 5G no Brasil

A Claro dá início aos serviços de 5G no Brasil a partir da próxima semana, quando São Paulo e Rio de Janeiro começam a contar com a rede 5G DSS. Isso será possível com o recurso de compartilhamento de frequências, que permite a utilização do espectro atual já alocado. A nova tecnologia de rede móvel […]

Leia mais

Segundo estudo, o dinheiro pode mesmo comprar a felicidade

Será que o dinheiro pode comprar a felicidade, sim. Esta é a conclusão de um novo estudo, publicado na revista científica Emotion, e divulgado pelo New York Post. Entre as décadas de 1970 e 2010, “a correlação positiva entre status socioeconômico” – incluindo rendimentos, educação e prestígio ocupacional – e a felicidade aumentaram, conforme constataram as […]

Leia mais

Conjuntivite: Saiba como tratar!

A tos simples como lavar as mãos com frequência, não coçar os olhos, evitar lugares fechados ou aglomerados e usar álcool em gel para higienizar as mãos são maneiras de se proteger da conjuntivite. Doença muito comum no Ceará neste período de muitos ventos. O contágio da doença pode acontecer pelo ar, através de banho […]

Leia mais

Atenção: Ansiedade e depressão podem afetar fertilidade

Infelizmente, uma das causas relacionadas ao suicídio é a depressão, um problema de saúde pública, responsável pela morte de pelo menos 800 mil pessoas no mundo por ano, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS). No Brasil, são 32 pessoas mortas pela doença por dia, taxa superior a das vítimas da Aids e da maioria […]

Leia mais

FAÇA ESTE BLOG SER AINDA MELHOR, ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *