Especialistas afirmam que óculos reduz risco de infeção por coronavírus

Cientistas do hospital da Universidade de Nanchang apontam que os olhos constituem uma das principais formas do vírus entrar no corpo humano. Os investigadores argumentam que os óculos podem assim agir como uma barreira, impedindo que a Covid-19 se associe aos receptores ACE-2 – as proteínas que servem de ‘porta de entrada’ para o novo coronavírus.

O novo estudo, publicado no JAMA Ophthalmology, analisou 276 pacientes admitidos naquela unidade hospitalar doentes com Covid-19 entre 27 de janeiro e 13 de março.

No decorrer da análise, os especialistas apuraram que 30 indivíduos (10.9%) usavam óculos, incluindo 16 casos de pessoas que viam mal de perto e 14 que observavam mal à distância.

Desses pacientes, 16 (5.8%) afirmaram usar os óculos por períodos de tempo prolongado – o que foi definido como utilizar o acessório durante mais de oito horas por dia.

Os cientistas compararam estes valores com um estudo de há 35 anos, com estudantes entre os sete e os 22 anos na provínicia de Hubei, que determinou que 31.5% das pessoas que viam mal de perto usavam óculos.

Ou seja, esses participantes teriam atualmente entre 42 e 57 anos – valores próximos à idade mediana de 31 para os doentes com Covid-19.

O que por sua vez, sugere que a maioria da população está 5.4 vezes mais predisposta a usar óculos diariamente, comparativamente aos que foram diagnosticados com o novo coronavírus. Os autores, liderados pelo investigador Weibiao Zeng, escreveram: “o nosso principal achado indica que não existem muitos pacientes com Covid-19 que utilizem óculos por um período extenso todos os dias, o que pode levar a evidências preliminares que quem utiliza óculos diariamente está menos suscetível à Covid-19”. Tendo como base os dados apurados, os investigadores sugerem que os óculos podem “prevenir ou desencorajar os indivíduos de tocar nos olhos, daí evitando que ocorra a transferência do vírus das mãos para a vista, fazendo com que quem use óculos frequentemente raramente fique infetado com o SARS-CoV-2”.

Especialistas afirmam que óculos reduz risco de infeção por coronavírus



VEJA MAIS SOBRE Notícias


Joaquin Phoenix interpretará Napoleão Bonaparte em filme de Ridley Scott

Joaquin Phoenix irá interpretar o imperador francês Napoleão Bonaparte no seu próximo projeto. Chamado “Kitbag”, o filme será dirigido por Ridley Scott e redigido por David Scarpa. A produção fica por conta da 20th Century Studios. O longa deve ser um olhar original e pessoal sobre as origens de Napoleão e sua escalada de soldado até […]

Leia mais

Projeto da Gerando Falcões garantirá acesso à educação em comunidades do Brasil com uso de smartphones Motorola

O programa Bolsa Digital, da ONG Gerando Falcões, entra em uma nova fase e beneficiará milhares de crianças e adolescentes de baixa renda que moram em comunidades e na periferia de 15 estados do Brasil: São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Alagoas, Paraná, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Pernambuco, Ceará, Paraíba, […]

Leia mais

TSE e WhatsApp lançam figurinhas com dicas para as votações municipais

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e o WhatsApp anunciaram o lançamento de um pacote de figurinhas sobre as eleições municipais de 2020. A ação incentiva o engajamento dos eleitores no processo eleitoral por meio de ilustrações divertidas e mensagens sobre voto consciente. O pacote “Eleições 2020” traz 23 figurinhas que fornecem orientações sobre data e horário […]

Leia mais

Google vai identificar músicas com assobios e ganha outras novidades

Na última  quinta, o Google realizou o seu evento on-line Google Search, onde a empresa anunciou algumas novidades e melhorias nos sistemas e produtos que deverão ser implementadas nas próximas semanas. Entre as novidades, p buscador do Google ganhará novas habilidades para identificar buscas escritas com ortografia incorreta. Somente em 2019, o Google disse que realizou mais de […]

Leia mais

Cofundador do WhatsApp gastou quase R$ 2 bilhões desde 2018 comprando imóveis de luxo

Desde 2018, quando abriu mão de vez de participar da gestão do WhatsApp (comprado pelo Facebook quatro anos antes), o cofundador do aplicativo de mensagens Jan Koum tem usado parte de sua fortuna para investir em imóveis de alto padrão. E de lá pra cá o bilionário de origem ucraniana naturalizado americano gastou nada menos que US$ […]

Leia mais

FAÇA ESTE BLOG SER AINDA MELHOR, ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *